top of page
  • Foto do escritorDa redação

Sucesso em Vendas: Segredos dos grandes vendedores


Comecei no mundo das vendas, aos 15 anos de idade, vendendo serviços gráficos, mais por necessidade do que propriamente por desejo. A timidez sempre foi uma barreira que não deixava as vendas acontecerem, não conseguia entrar em empresas que tinham mais de uma pessoa, esse era um dos motivos pelo qual as vendas não aconteciam. Levando em consideração que as empresas que tem pouca movimentação tem menos recursos para investir em material gráfico.


Sempre em minha vida busquei alternativas para todas as dificuldades que encontrei e aquela foi uma das primeiras e logo foi superada após fazer uma oficina de teatro. Três meses após eu estava apresentando para mais de 300 pessoas em um festival em Camaçari-BA. O júri composto por diretores e críticos de teatro, não elogiaram minha atuação, e este também não era meu principal objetivo, e sim a superação do medo de falar em público. Sempre digo que fazer teatro foi um divisor de águas em minha vida, pois superei uma trava que me bloqueava de crescer como pessoa e profissional.


O que ocorre é que quando vencemos uma dificuldade, logo percebemos que somos capazes de superar tudo, de fazer coisas maiores e que não existe limites para capacidade humana, basta analisar os grandes cases de sucesso no mundo dos empreendedores no Brasil e fora do país, todos tem uma característica essencial, são bons vendedores de ideias.


Podemos citar como exemplo de sucesso no Brasil, Flávio Augusto, que aos 23 anos, fundou a Wise UP, mesmo sem falar inglês e com todos os ambientes desfavoráveis, sem apoio da família e recursos financeiros escassos conseguiu ter sucesso nos negócios. O ponto forte foi acreditar no seu projeto e ser um excelente vendedor de ideias. Pegou 20 mil reais do cheque especial com juros de 12% ao mês e começou o seu sonho que conta atualmente com mais de 500 unidades franqueadas no Brasil e em outros países como Argentina, Colômbia, México, Estados Unidos e China.


Outro empresário que podemos citar como exemplo é Geraldo Rufino, ele começou sua vida como catador de lixo reciclável, quebrou seis vezes e aprendeu com cada derrota até consegui o faturamento de R$ 50 milhões por ano. Atualmente é presidente da JR Diesel, maior empresa de reciclagem de caminhões do Brasil, mas para chegar nesse patamar, ele teve que trabalhar duro e manter sempre seu otimismo em relação ao seu negócio de atuação.


Começou o seu trabalho aos 11 anos de idade catando latinha em aterro sanitário em São Paulo, aos 14, conseguiu um emprego de office boy, mas continuou empreendendo. Certa vez os irmãos de Geraldo que trabalhavam com caminhão se envolveram em uma acidente simultâneo, o prejuízo foi grande, mas, é na dificuldade que surge as oportunidade e as grandes ideias. Foi ai que Rufino teve a ideia de vender peças de caminhões, nascia a JR Diesel. Rufino é conhecido como o catador de sonhos.


Nos treinamentos de vendas que ministro sempre faço a seguinte afirmação no início das aulas para os meus alunos: Você só está sem dinheiro por que você quer. Essa é uma frase de impacto, e que muitos no início resistem a concordar, até que eu provo para eles a veracidade dessa informação.


Mostro que todos temos a capacidade de gerar recursos financeiro, claro, levando em consideração a determinação e força de vontade de cada um. Explico como as técnicas de vendas podem acelerar e ser determinante nesse processo.


A maioria das pessoas querem ficar ricas e ter uma vida confortável, mais não estão dispostas a pagar o preço para atingirem tal objetivo. Quando apresento para elas o que precisam fazer para atingirem seus objetivos, e que isso significa alguns sacrifícios, como acordar cedo, dormir tarde, trabalhar final de semana sem hora para descansar, planejar detalhadamente sobre o projeto de forma a minimizar os riscos do seu investimento, seja de tempo ou de dinheiro. Reduzir o tempo com amigos e com a família. Sem exageros, em torno de 75% das pessoas, depois de ouvir e de visualizar o que terão que fazer, desistem dos seus sonhos, ficando claro de que ela tem um desejo, tem um sonho, mas, não está disposta a pagar o preço para atingir o seu propósito.


Trecho do livro: Manual Completo de empreendedorismo / coautor: Gilson Sena.

bottom of page