top of page
  • Foto do escritorDa redação

Leão critica possibilidade de indicação da primeira-dama ao TCM: "É alguma brincadeira"

Na entrevista que concedeu ao canal bolsonarista Brado, na manhã de ontem (14), o vice-governador João Leão (PP) não perdoou nem a primeira-dama do Estado, Aline Peixoto, cujo suposto interesse em disputar uma vaga de conselheira no Tribunal de Contas do Município (TCM-BA) passou a circular com intensidade desde que o governador Rui Costa fez o petista Jerônimo Rodrigues seu sucessor (veja aqui).


Leão afirmou que a informação "só pode ser alguma brincadeira", ao alegar que o currículo de Aline não indica experiência jurídica ou contábil, como prevê a Constituição da Bahia, no artigo 94, onde diz que "só poderão ser investidos no cargo de Conselheiro aqueles que possuem conhecimento "jurídicos, contábeis, econômicos, financeiros ou de administração pública, com mais de dez anos de exercício da função ou atividade profissional".


"Será que é verdade que querem colocar (a primeira-dama) no TCM? Botar uma enfermeira para ser conselheira? Vai ter que passar pela Assembleia... Ela é enfermeira, tem uma história em Jequié, e tão falando que ela vai para o TCM. Eu estou achando que é alguma brincadeira, só pode ser", ironizou o vice-governador, que ainda distribuiu vários outros petardos contra os ex-aliados durante a entrevista.


Fonte: Com informações do Política Livre

bottom of page