• Da redação

Após descumprimento de Decreto, Vigilância Sanitária e Secretaria de Segurança interditam bares



A Secretaria de Segurança de Luís Eduardo Magalhães, juntamente com a Vigilância Sanitária tem atuado para garantir o cumprimento do decreto municipal, que flexibilizou a abertura da atividades econômicas.


Infelizmente, alguns estabelecimentos insistem em descumprir as medidas. Durante fiscalização na noite desta quarta-feira (26),bares e restaurantes foram interditados, pela venda de bebida alcoólica e descumprimento do horário de funcionamento.


A venda de bebida alcoólica está proibida em todo o Estado até o próximo dia 01 de junho. Bares e restaurantes podem funcionar durante o dia, no município, mas a partir das 20h, apenas por Delivery.


"As decisões quanto as medidas tomadas no município são decididas em conjunto com a categoria dos comerciantes, por meio da ACELEM. Mas infelizmente, algumas pessoas insistem em descumprir o decreto. Dessa vez, após muita conversa e trabalho educativo e de conscientização, tivemos que interditar", explicou o secretário de Segurança, João Paulo Nascimento. 


De acordo com o secretário, os comerciantes que cumprem as regras não podem ser penalizados por quem não segue o decreto. 


"Essa nossa ação mais punitiva, é para não prejudicar todo o comércio e precisar fechar novamente. Quem trabalha direito, não pode sofrer pela prática irregular de irresponsáveis", concluiu.


Ascom / PMLEM

Jornal Classe A LTDA ME
Av. Tancredo Neves, 1016 - Aroldo da Cruz 
    CEP: 47850-000 / Luís Eduardo Magalhães-BA
 jornalclassea@yahoo.com.br
77 3639-0108 

© 2016 por "Pelo Mundo". Orgulhosamente criado com Wix.com