• Da redação

Garis reclamam da falta de cuidado com o lixo por parte da população



Em Luís Eduardo Magalhães garis estão sofrendo com o descarte irregular de lixo, somente este ano, três sofreram acidentes de trabalho com materias perfurocortantes. LEM produz por dia cerca de 100 toneladas de lixo. A coleta é feita pela empresa terceirizada MM com 100 funcionários prestando serviços de limpeza urbana, 24 deles são coletores. De acordo com a empresa somente este ano três garis já foram afastados por perfurações ou cortes quando faziam a coleta residencial.

Segundo o gerente da empresa, falta conscientização na separação do lixo. “Muitas pessoas não separam o lixo e isso já é um problema, mas o pior são aqueles moradores que colocam materiais perfurocortantes como seringas e vidro.” Segundo Carlos todos os funcionários trabalham com equipamentos de proteção individual, mas nem isso é suficiente para protegê-los de acidentes. “Nós compramos 400 luvas por mês, usamos as melhores botas e todos estão com EPI’s porém nem assim conseguimos evitar afastamentos e acidentes. É preciso conscientização.”


Jornal Classe A LTDA ME
Av. Tancredo Neves, 1016 - Aroldo da Cruz 
    CEP: 47850-000 / Luís Eduardo Magalhães-BA
 jornalclassea@yahoo.com.br
77 3639-0108 

© 2016 por "Pelo Mundo". Orgulhosamente criado com Wix.com