top of page
  • Da Redação

Índice de Infestação do mosquito em LEM é quatro vezes maior que o aceitável


O resultado do Levantamento de índice Rápido de Infestação do Mosquito Aedes Aegypti foi divulgado nesta terça-feira (27) pela secretaria de saúde de Luís Eduardo Magalhães. O índice é de 4 %, quatro vezes maior que o aceitável pelo Ministério da Saúde, que é de 1%. Em comparação com o último levantamento em outubro do ano passado a infestação do mosquito cresceu 2.000%, naquele período o índice era de apenas 0,2%.


O número de casos chegou a 249, com 120 confirmados nesta terça. De acordo com a Vigilância em Saúde do município foi necessário colocar mais dois médicos, chegando a cinco na noite de segunda-feira (26) para atender a demanda crescente de novos casos. A Vigilância informou ainda que já solicitou um carro fumacê à Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) e a realização de uma seleção para contratação de novos agentes de endemias.


Os bairros mais afetados pelo mosquito são:


Jardim das Acácias 71 casos notificados, 53 confirmados

Vereda Tropical 16 casos notificados, 10 confirmados

Jardim Paraíso 15 casos notificados, 10 confirmados

Santa Cruz 28 casos notificados, 05 confirmados



bottom of page