• Redação / Jornal Classe A

Maternidade, Hospital Eurico Dultra e SAMU ficam sem médico por causa de greve


Médicos da rede municipal de saúde de Barreiras estão em greve por tempo indeterminado. Eles pararam as atividades na manhã desta quarta-feira (21) por falta de pagamento de salários, que segundo informações está atrasado desde o mês de outubro.

Reprodução TV Oeste

Com isso o Hospital Municipal Eurico Dultra, a maternidade e o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) estão sem atendimento dos profissionais de saúde, inclusive para emergência.

Uma reportagem da Rede Bahia mostrou que os pacientes que chegam são encaminhados para o Hospital do Oeste e segundo a assessoria do H.O, o atendimento aumentou 20% por conta da paralisação da rede municipal. O Ministério Público do estado (MP-BA) disse que, desde segunda-feira (19), pediu oficialmente à prefeitura resposta sobre a situação da rede municipal de saúde. Em nota a

Prefeitura de Barreiras está aguardando o repasse dos recursos Federais que não aconteceu até o momento para a regularização dos pagamentos.

#notícias #lem #luíseduardomagalhães #secretariadesaúde #médicos #GREVE #paralisam #PARALISAÇÃO #atividades #samu #ho #barreiras #euricodultra