• Bahia Notícias

Anvisa aprova nova medicação para tratamento de epilepsia


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o registro de uma nova opção terapêutica para o tratamento da epilepsia. O produto é o Levetiracetam, medicamento genérico que será comercializado em solução oral. O remédio é indicado para tratamento de crises parciais, com ou sem generalização secundária, em pacientes a partir dos 16 anos com diagnóstico recente de epilepsia.


O medicamento também é indicado como terapia complementar no tratamento de crises parciais em adultos, crianças e bebês a partir de 1 mês de vida e está autorizado para uso durante crises mioclônicas (espasmos rápidos e repentinos) em adultos e adolescentes a partir dos 12 anos. A medicação poderá ser usada também em situações de crises tônico-clônicas primárias generalizadas, em adultos e crianças com mais de 6 anos com epilepsia idiopática generalizada.