• Da Redação / Classe A

LEM: Bancos fecham por causa de greve de vigilantes


As agências bancárias de Luís Eduardo Magalhães permaneceram fechadas durante todo o dia por conta da greve dos vigilantes da Bahia. Os profissionais que atuam na cidade aderiram ao movimento que prevê uma suspensão das atividades por tempo indeterminado, sem segurança para operar os bancos não abrem as portas e os serviços disponíveis são apenas nos terminais de autoatendimento.

São quase 32 mil vigilantes que atuam no Estado da Bahia, com data-base em 1º. Os vigilantes pedem reajuste de 15%, ticket refeição de 20,00 reais, cotas para as mulheres de 30% (por posto de trabalho), piso salarial de 1500,00 reais. De acordo com o sindicato dos vigilantes da Bahia (Sindvigilantes) o sindicato patronal ofereceu uma proposta de 1% para reajuste salarial, outro ponto crítico no diálogo é a flexibilização a jornada 12×36 dentre outras propostas, que vão de encontro às conquistas já garantidas pela categoria.


Jornal Classe A LTDA ME
Av. Tancredo Neves, 1016 - Aroldo da Cruz 
    CEP: 47850-000 / Luís Eduardo Magalhães-BA
 jornalclassea@yahoo.com.br
77 3639-0108 

© 2016 por "Pelo Mundo". Orgulhosamente criado com Wix.com