• ASCOM Sindicato Rural LEM

Sindicato Rural de LEM encerra atividades do Programa Despertar e premia estudantes


Aconteceu nesta última quinta-feira, 03, nas dependências do auditório do Sindicato dos Produtores Rurais de Luís Eduardo Magalhães, a entrega da premiação do Concurso de Desenho com frases e Redação do Programa Despertar que, neste ano, foi realizado em cinco escolas da rede municipal de ensino do meio rural, por meio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), em parceria com Sindicato e Prefeitura Municipal. A cerimônia também destacou os agentes do Programa Despertar - alunos que foram eleitos pelos próprios colegas e que têm papel fundamental dentro das instituições escolares com a conscientização do meio ambiente – e marcou o encerramento das atividades do programa no ano de 2016.


O programa tem o objetivo de promover a educação ambiental no campo voltada para a criação da consciência ecológica, alavancar mudanças comportamentais relacionadas ao meio ambiente, saúde, cidadania, ética, trabalho e consumo e, por consequência, contribuir para a formação de cidadãos críticos e reflexivos que buscam a qualidade de vida e o equilíbrio ambiental. Para alcançar este objetivo, o programa tem como metodologia o trabalho interdisciplinar, práticas de construção de hortas, viveiros, arborização e conscientização das comunidades na preservação e valorização contínua do meio ambiente.


Conforme explica a coordenadora municipal do Programa Despertar, da secretaria de Educação, Deise Leão, “a partir da introdução e desenvolvimento do Programa Despertar, os estudantes começam a pensar sobre situações pedagógicas e a atuar em um mundo de informações globais e, ao mesmo tempo, fragmentadas”. O Programa Despertar atua, em Luís Eduardo Magalhães, em cinco escolas, atendendo mais de 700 crianças e adolescentes.


Importância da educação


Representando a presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Luís Eduardo Magalhães, o diretor Rafael D’Agostini destacou a importância da educação na formação de cidadãos mais responsáveis. “Aquilo vocês aprenderam, vocês acreditam. O produtor rural é parceiro do meio ambiente. É isso que vocês vivenciaram e tiveram a oportunidade de repassar conhecimento aos seus pais. Eu acredito que é somente por meio da educação que alcançaremos as mudanças das quais precisamos. É só através do estudo e da dedicação que vocês poderão ter uma vida melhor e trazer benefícios e mudanças não apenas para vocês, mas para o município, estado e país”, frisou.


Na sequência, o consultor regional do Programa Despertar, Daniel Laranjeira, que atende seis municípios da região, comentou sobre o desenvolvimento do projeto, destacando que no município de Luís Eduardo Magalhães, em especial, o programa encontrou maior apoio. “A parceria com o Sindicato foi muito importante. Conseguimos fazer a diferença, pois com o programa traçamos um caminho do que se deve fazer e como fazer. Só tenho mesmo a agradecer. Satisfação define todo o trabalho realizado”, disse.


Ao fazer o uso da palavra, a secretária municipal de Educação, Marli Cenci, agradeceu a todos os envolvidos no projeto, evidenciando que todas as ações devem se pautar nos benefícios ao mundo e ao próximo. “O nosso despertar deve estar direcionado para aquilo que acontece no mundo a nossa volta. Temos o privilégio de ter tudo de graça, mas não cuidamos. Devemos pautar nossas ações, cuidando sempre do outro. Esse olhar, esse despertar, é o grande objetivo. Educação move tudo, antes de qualquer coisa. Que esse aprendizado não se perca, mas que continue. Educação nunca se perde”, ressaltou.


Relatos


Após o discurso das autoridades presentes, representantes das escolas rurais relataram o trabalho realizado pelos alunos e professores durante o ano letivo. Primeira a deixar o seu relato foi a diretora da Escola Municipal Henrique de Freitas Moreira, Marlucia Pereira Novais, que destacou os resultados alcançados com o programa. “Para termos um país melhor, nós precisamos ser melhores. O Programa Despertar nos mostrou isso. Foi uma experiência muito boa, uma troca que permitiu conhecer a realidade de todas as escolas. Só tenho a agradecer. Isso nos permitiu um aprendizado muito grande”, disse.


Quem também comentou com entusiasmo os resultados obtidos foi a professora Dulce Teresinha, diretora da Escola São Paulo. “O programa tem feito grande diferença. Estamos muito felizes. O trabalho da escola junto com a comunidade foi muito importante e trouxe muitos resultados, com palestras, visitas, plantio de mudas. Estamos muito felizes com o trabalho feito de forma interdisciplinar. Esse trabalho não depende apenas de mim, mas da secretaria, dos pais, dos alunos, dos professores. A mudança parte da gente. Todos estão muito felizes por terem sido agentes de mudança”, destacou.


Premiação


Ponto alto do evento, os alunos que venceram o Concurso de Desenho com frases e Redação, receberam medalhas e prêmios. Os vencedores da categoria Desenho com frase foram Gabriel da Silva Souza (Escola Municipal Ivanilde dos Santos Cedro) e Ítalo Gomes Rodrigues (Escola Municipal Henrique de Freitas Moreira), primeiro e segundo lugares, respectivamente. O prêmio de Redação ficou com a aluna Janielly Souza Ramos (Escola Fábio Johner), que ficou com o primeiro lugar e, com Flávia Almeida dos Santos Morais (Escola Municipal São Francisco), que obteve o segundo lugar. O prêmio de melhor Portfólio ficou com a Escola Fábio Johner. O Agente Despertar Campeão Destaque ficou com João Vitor Reckers (Escola São Paulo) e Samuel Pereira Novaes (Escola Municipal Henrique de Freitas Moreira), que conquistou o segundo lugar. Os prêmios foram patrocinados pelo Sindicato dos Produtores Rurais de Luís Eduardo Magalhães.


Jornal Classe A LTDA ME
Av. Tancredo Neves, 1016 - Aroldo da Cruz 
    CEP: 47850-000 / Luís Eduardo Magalhães-BA
 jornalclassea@yahoo.com.br
77 3639-0108 

© 2016 por "Pelo Mundo". Orgulhosamente criado com Wix.com