Conheça algumas das alergias mais comuns e saiba como se prevenir

August 15, 2018

 

Segundo a Organização Mundial da Saúde, 35% dos brasileiros sofrem com algum tipo de alergia. Porém, há três delas que chamam a atenção dos especialistas por serem as mais comuns entre a população: alergias de contato, alergias respiratórias e alergias alimentares. Veja quais são suas causas, sintomas e medidas de precaução.

 

1. Alergias de contato

 

Este tipo de alergia se manifesta na derme e atinge pessoas sensíveis a determinados tipos de substâncias contidas na composição de produtos de limpeza, cosméticos, tecidos, bijuterias, tintas, esmaltes etc.

 

As reações ocorrem geralmente na área exposta à substância agressora, podendo surgir inchaço na pele, coceira, vermelhidão, bolhas ou até dor local.

 

Quem tem predisposição às alergias na pele deve procurar um médico para averiguar o que causa o desconforto. Se a raiz da alergia é um componente do shampoo usado há anos, basta trocar por outro que não contenha o agente agressor na fórmula. Caso seja o níquel contido nas bijuterias, troque o brinco, o anel e o colar por acessórios de ouro ou prata.

 

2. Alergias respiratórias

 

Os principais causadores das alergias respiratórias são ácaros, mofo, pólen de plantas e o frio. A asma, a rinite e a sinusite são alguns exemplos deste tipo de reação alérgica que afeta milhares de pessoas, mas cada uma delas têm causas e sintomas diferentes.

 

A asma é uma doença inflamatória crônica, e a grande maioria dos portadores tem crises quando é exposta a ácaros, poeira, fumaça de cigarro e produtos químicos. Seus principais sintomas são tosse, falta de ar, dificuldade para respirar e chiado no peito.

 

A rinite alérgica é uma reação imunológica do corpo às partículas inaladas (alérgenos) e os sintomas são obstrução nasal, coriza, espirros e coceira no nariz.

 

A sinusite é uma inflamação da mucosa dos seios da face que pode atingir a região do crânio, as maçãs do rosto e os olhos. A doença pode ser secundária a uma infecção, quadro alérgico ou qualquer fator que atrapalhe a correta drenagem de secreção dos seios da face. Seus sintomas são tosse, dor de cabeça e fadiga.

 

3. Alergias alimentares

 

Os alimentos mais comuns que causam este tipo de alergia são o leite e seus derivados, ovo, grãos, peixes, frutos do mar, tomate, frutas cítricas, castanhas, amendoim e fermento natural. Pode se manifestar por meio de sintomas na pele, no sistema gastrintestinal e/ou respiratório. As reações podem ser leves – como uma simples coceira nos lábios, no corpo, diarreia, cólicas, tosse, inchaço nos olhos, placas pelo corpo – e graves, podendo comprometer vários órgãos.

 

Em um mesmo exame, é possível detectar a qual (ou quais) substância seu organismo reage – seja uma alergia de contato, respiratória ou alimentar – e tomar as medidas necessárias para evitar crises e amenizar os sintomas.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Parceiros

Jornal Classe A LTDA ME
Av. Tancredo Neves, 1016 - Aroldo da Cruz 
    CEP: 47850-000 / Luís Eduardo Magalhães-BA
 jornalclassea@yahoo.com.br
77 3639-0108 

© 2016 por "Pelo Mundo". Orgulhosamente criado com Wix.com