LEM: Incêndio no lixão foi criminoso e pode ter sido provocado como forma de protesto.

Em entrevista concedida hoje pela manhã a TV Oeste, o secretário de segurança, ordem pública e trânsito Daniel Álvarez, avaliou o incêndio no lixão de Luís Eduardo Magalhães como criminoso e previamente planejado. "Nós chegamos a encontrar o motociclista com uma latinha colocando fogo em mais focos quando fazíamos o trabalho de combate as chamas. E vamos levar a polícia civil para investigar o caso. Mas temos certeza de que foi um incêndio criminoso e planejado com antecedência, até porque foi na véspera do dia do meio ambiente"

 

O comandante do subgrupamento do corpo de bombeiros, subtenente Rodrigues, viu o incêndio como uma forma de protesto. "A gente sabe que a população está indignada coma situação do lixão e então vemos isso como um prostesto. Porém é um crime e um ato como esse põe em risco toda a população".

 

 

Segundo o Corpo de Bombeiros foram necessários mais de 400 mil litros de água para conter as chamas. O incêndio atingiu uma área de 2 km de extensão e foi combatido pelo Corpor de Bombeiros e Brigadistas da prefeitura e da Galvani.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Parceiros

Jornal Classe A LTDA ME
Av. Tancredo Neves, 1016 - Aroldo da Cruz 
    CEP: 47850-000 / Luís Eduardo Magalhães-BA
 jornalclassea@yahoo.com.br
77 3639-0108 

© 2016 por "Pelo Mundo". Orgulhosamente criado com Wix.com