Diversidade de interesses é unanimidade entre as caravanas que visitam a Bahia Farm Show

 

Com residência fixada no oeste baiano há dois anos, Cornelius Friesen, 56 anos, veio do México junto com outras 11 famílias que compõem uma comunidade menonita, para trabalhar com agricultura. A criação de gado e o plantio de diversas culturas são atividades que representam uma forte tradição para esse povo que surgiu na Europa no século XVI, e formou inúmeras comunidades ao redor do mundo.

 

Nesta quinta-feira, 01, a família Friesen visitou a Bahia Farm Show, em busca de maquinário para uso na produção agropastoril. “Nós viemos procurar um pulverizador e outras máquinas que precisamos para usar na plantação”, comentou. Ele disse, ainda, que as famílias menonitas estão gostando de viver no Brasil e que, “na feira é possível ter uma ideia sobre o grande crescimento tecnológico pelo qual o agronegócio brasileiro tem passado”.

 

 

Durante os dias do evento, diversas caravanas de pesquisadores, estudantes e investidores visitam o Complexo Bahia Farm em busca de conhecimento, novos negócios e oportunidades. “Essa feira é muito atrativa para o nosso curso, porque o agronegócio hoje está diretamente ligado à biotecnologia. Os estandes das empresas que visitamos têm muitas coisas do nosso interesse: fertilizantes, técnicas sustentáveis e insumos. Inclusive tivemos a oportunidade de assistir a uma palestra sobre o manejo físico-químico do solo”, disse a acadêmica de engenharia de biotecnologia, da Universidade Federal do Oeste da Bahia - Ufob, Gabriela Serafim.  

 

 

A estudante Larissa Mano, veio de Barreiras e gostou muito do que viu. “Destaco a evolução da feira, porque meu pai trabalha no ramo da agricultura e eu estou presente aqui, todos os anos. Inclusive, esse ano houve um acréscimo de expositores, novas máquinas, tecnologias novas, e isso enriquece a Bahia Farm Show. Está surpreendente essa edição”, elogia.

 

Caravanas de outras cidades baianas e de outros estados já passaram pela feira, além de países como a Coréia do Sul. Até sábado, 03, estão programadas mais visitas de grupos pelo local.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Parceiros

Jornal Classe A LTDA ME
Av. Tancredo Neves, 1016 - Aroldo da Cruz 
    CEP: 47850-000 / Luís Eduardo Magalhães-BA
 jornalclassea@yahoo.com.br
77 3639-0108 

© 2016 por "Pelo Mundo". Orgulhosamente criado com Wix.com