• Da redação

Luís Eduardo Magalhães inaugura Centro de Parto Normal Vilma Ramos Guerra



Fortalecer o protagonismo da mulher na hora do parto, através de um atendimento humanizado, esse é um dos objetivos primordiais do Centro de Parto Normal Vilma Ramos Guerra, inaugurado na manhã desta terça-feira (19), em Luís Eduardo Magalhães. A estimativa da Secretaria Municipal de Saúde, é de que sejam realizados 15 partos por mês, chegando a 30 quando a estrutura estiver em pleno funcionamento.


A cerimônia de inauguração do Centro, contou com a presença de familiares e amigos da homenageada, a Sra. Vilma Ramos Guerra. A operação da unidade seguirá as diretrizes da portaria nº 11, de 7 de janeiro de 2015, do Ministério da Saúde, em conformidade com o componente parto e nascimento da Rede Cegonha.


Estrutura e equipe

O Centro de Parto Normal dispõe de cinco ambientes para os nascimentos, construídos visando o bem-estar da mãe, do recém-nascido e dos acompanhantes. No local, serão utilizados métodos não farmacológicos para alívio da dor, como cromoterapia, musicoterapia, aromaterapia e massagem.


Fortalecimento do pré-natal

A triagem para realização do parto humanizado, ocorrerá pela atenção básica, através dos postos de saúde. Para usufruir do direito, a paciente deverá ser de baixo risco, seguir todo o cronograma do pré-natal, além da realização das consultas de vinculação, na Casa de Parto. Nesse processo, será desenvolvido o Plano de Parto, documento no qual a paciente elenca quais procedimentos devem ser realizados na hora do nascimento do bebê.


Equipe multidisciplinar

A equipe do Centro de Parto Normal Vilma Ramos Guerra é multidisciplinar, composta por 11 enfermeiros obstetras e 10 técnicos de enfermagem, além do coordenador, que também é especialista. A unidade também conta com os serviços de psicologia e fisioterapia. O Hospital e Maternidade Dr. Gileno de Sá é o hospital de referência, caso haja alguma emergência durante os atendimentos.


SECOM / PMLEM