top of page
  • Foto do escritorDa redação

Governo autoriza construção de novo trecho na BR-030/BA em visita a rodovias do Oeste baiano

Também foram autorizadas obras na BR-135/BA e na BR-122/BA

Durante esta sexta-feira (5) comitiva do Ministério dos Transportes e do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) realizou uma vistoria técnica nas BR-030/BA, BR-122/BA e BR-135/BA. Ao término da visita, foram anunciadas obras para as três rodovias. Durante a solenidade, no município de Cocos, destacou-se a assinatura da ordem de início dos trabalhos do lote 2 da BR-030/BA, entre Feira da Mata e Carinhanha, no Oeste da Bahia.

Dividido em dois lotes, o trecho com 90,2 quilômetros de extensão da BR-030/BA já passa por obras de construção e pavimentação no segmento que liga Cocos à Feira da Mata. O investimento contratual total para os dois lotes é de cerca de R$ 194 milhões, dos quais R$ 89,7 milhões são destinados para as obras de construção (implantação e pavimentação) dos 41,3 quilômetros do lote 2.

A BR-030/BA faz a ligação entre os produtores e a Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), para o Porto de Ilhéus. A rodovia federal pavimentada também será fundamental para melhorar a trafegabilidade e ajudar a atrair investimentos para as cidades que compõe a área de influência.

Outras rodovias - Além da construção do novo trecho da BR-030/BA, foi autorizado o início das obras de recapeamento de 26,5 quilômetros da BR-122/BA, que liga os municípios de Caitité e Maniaçú, com previsão de aproximadamente R$ 18 milhões em investimentos.

Durante a solenidade, houve também a assinatura da ordem de reinício das obras do lote 5 da BR-135/BA, para a conclusão de cerca de seis quilômetros. Para esta obra a previsão orçamentária é de aproximadamente R$ 30 milhões.

A BR-135/BA interliga a região produtora de grãos do oeste baiano à Fiol e aos portos de Aratu (BA), e Itaqui (MA). O trecho da BR-135 entre Bahia e Piauí tem 469 quilômetros e já está pavimentado e com contrato de manutenção vigente. Os investimentos federais em construção abrangem cinco lotes entre São Desidério e a divisa Bahia-Minas Gerais, totalizando 263 quilômetros.

O Oeste baiano é caracterizado pela produção agrícola de grãos e cereais e criação de gado de corte e leite. Com as melhorias anunciadas para a malha rodoviária desta região, os investimentos do Governo Federal vão melhorar a logística e tornar a região mais atrativa economicamente. “Com este investimento vamos oferecer rodovias mais seguras para os usuários e produtores. Mas o maior ganho será para as comunidades lindeiras que terão a economia local impulsionada, melhorando a qualidade de vida desta população”, frisou o Diretor-Geral substituto do DNIT, Fabricio de Oliveira Galvão.

Também participaram do evento o ministro-chefe da Casa Civil, Rui Costa; o governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues; o secretário-executivo do Ministério dos Transportes, George Santoro; parlamentares federais e estaduais e prefeitos da região.


Fonte:Ascom Gov BR

Comentários


bottom of page