top of page
  • Foto do escritorDa redação

Golpe do intermediário faz novas vítimas em Barreiras


Além de gerar altos prejuízos, estelionatários deixam compradores e vendedores em conflito, já que nenhuma das partes quer ficar com o dano causado pela trama do golpista. Após os golpes, houve casos em que o comprador chegou a receber o objeto negociado e não queria devolver ao vendedor. Em outras situações, o comprador entra em desavença com o vendedor, por não querer ficar em total desvantagem, fazendo proposta de dividir a perda do dinheiro transferido para o golpista.

No caso de ontem, o senhor Anestor Filho transferiu via Pix, o valor de R$ 1.200, 00 para o autor da fraude, um desconhecido que se apresentava como intermediário do negócio e parente da esposa do proprietário do televisor, o senhor Ivan Silva.

“O golpista me apressou para fazer a transferência do dinheiro, alegando que estava retornando às pressas para Luís Eduardo Magalhães, onde dizia que reside. A grana transferida era parte do valor da televisão que eu estava comprando por R$ 2. 200 00 (dois mil e duzentos reais)”, declarou seu Anestor.


Fonte:Alô Alô Salomão

bottom of page