• Da redação

Agosto Dourado: Importância da amamentação



O mês de agosto é conhecido como Agosto Dourado, porque simboliza a luta pelo incentivo à amamentação.


Estudos comprovam que a amamentação é capaz de salvar a vida de cerca de 13% das crianças, menores de 5 anos, em todo o mundo. O leite materno é o primeiro alimento da nossa vida logo quando chegamos ao mundo. É através dele que o corpo se desenvolve e é fortalecido, para que as mais variadas doenças sejam prevenidas. É um alimento crucial, pelo menos nos primeiros meses de vida, reduzindo assim o índice de mortalidade infantil, como divulga a Organização Mundial de Saúde, OMS:


A amamentação frequente faz com que a mãe produza mais leite. A maioria das mães são capazes de amamentar com sucesso. No entanto, muitas delas precisam ser encorajadas para que possam começar.


Além dos benefícios nutricionais e proximidade mãe e filho, o aleitamento natural atua no desenvolvimento facial, muscular e respiratório adequado. Veja como acontece:


Com o aleitamento materno o bebê se esforça para buscar o leite no peito da mãe, assim, ele mantém a respiração pelo nariz, o que é muito importante para seu desenvolvimento facial; utiliza e desenvolve músculos da mastigação que serão usados quando aparecerem os dentes e faz a mandíbula crescer e se desenvolver corretamente.


Ao sugar o leite no peito da mãe, é importante que o bebê realize o movimento chamado de “ordenha” do seio materno, e que a mamãe segure seu bebê numa posição mais vertical possível, promovendo o vedamento labial, para que continue se desenvolvendo e respirando bem.


A criança que mama no peito até aos seis meses de idade, tem uma probabilidade menor de adquirir hábitos de sucção não nutritivos, como sucção do dedo e da chupeta, do que aqueles que são amamentados com mamadeira (aleitamento artificial). Esses hábitos promovem alterações negativas no crescimento e desenvolvimento dos maxilares.


A utilização da mamadeira pode levar à doenças e alterações musculares, dentária e de crescimento ósseo. Por isso devem ser evitadas. Mesmo os recém-nascidos podem ser alimentados com um copo aberto, que podem inclusive serem limpos mais facilmente.

O uso de mamadeiras principalmente com adição de açúcar, nunca deve ser oferecida ao bebê no período noturno. Os resíduos alimentares permanecem em contato com os dentinhos por um tempo prolongado, se não houver higienização, pode aumentar a probabilidade de causar a doença cárie. A “cárie de mamadeira” tem desenvolvimento rápido e agudo, que provoca dor e dificuldade de alimentação, podendo causar perda de peso e até estatura da criança.


O aleitamento materno é um cuidado da família com bebê, as mãe têm o desejo e direito de amamentação seus filhos. Vamos encorajar e orientar as famílias para que isso aconteça com propriedade.



Drª Adriana Victor - Odontopedriatra / Ortodontista e Odontologia Miofuncional

Posts recentes

Ver tudo

EDITAL DE LEILÃO RURAL

Jorge Ferlin Dale Nogari dos Santos, Leiloeiro Rural, nomeado pela Federação de Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia – FAEB, com carteira profissional de nº 003/2020, com endereço profissional na

Jornal Classe A LTDA ME
Av. Tancredo Neves, 1016 - Aroldo da Cruz 
    CEP: 47850-000 / Luís Eduardo Magalhães-BA
 jornalclassea@yahoo.com.br
77 3639-0108 

© 2016 por "Pelo Mundo". Orgulhosamente criado com Wix.com