• Da redação

ACM Neto fica contra impeachment de Bolsonaro: “Não é o momento”



Crítico do governo Bolsonaro, o ex-prefeito de Salvador e presidente nacional do Democratas, ACM Neto, se mostrou contrário a abertura do processo de impeachment contra o presidente, como tem sido defendido por opositores e ex-aliados do Planalto.


Em entrevista à rádio Salvador FM, nesta segunda-feira (12), Neto afirmou que o momento não é o ideal para um impeachment. Ao defender seu ponto de vista, ACM Neto destacou que para afastar o presidente do cargo é necessário um amplo respaldo popular, maioria política na Câmara e Senado, onde transita o processo, e a existência de um fato jurídico inquestionável.


“Para um impeachment ir adiante, é necessário três condições: primeiro, é preciso existir um fato jurídico inquestionável; segundo, maioria política na Câmara e no Senado, e terceiro é preciso ter muito respaldo popular, um sentimento majoritário na população. Na minha opinião, neste momento, nenhuma das três condições existam neste momento”, comentou Neto.


“Estou dizendo isso hoje. Olhando as condições de hoje, acho que não é o momento de se avançar em um processo de impeachment”, ressaltou o democrata.


Apesar das críticas de Neto ao presidente, o Democratas compõe a base do governo federal, com quadros como a ministra da Agricultura, Teresa Cristina e o ministro da Secretaria-Geral da Presidência do Brasil, Onyx Lorenzoni, além de ser um dos partidos mais alinhados ao governo Bolsonaro, convergindo com 91% das votações na Câmara (veja aqui).


Fonte:Com informações do Política Ao Vivo