• Araticum Comunicação

1º Seminário Mulheres do Agro discute os desafios do associativismo feminino, na Bahia Farm Show


Dezenas de mulheres que estão direto ou indiretamente envolvidas com o cenário do agronegócio se reuniram, nesta quinta-feira (30), no primeiro 1º Seminário Mulheres do Agro, com o tema “Mulher em Ação”. O evento foi aberto no auditório da Fundação Bahia, com a presença do presidente da Bahia Farm Show, Celestino Zanella. A programação uniu palestras sobre associativismo e o poder da ação para mudança de vida, com foco no público feminino.


“A Bahia Farm Show nasceu pequena, foi criando formas e ganhando espaço e trazendo inovação. Durante alguns anos, tivemos o chá das mulheres, que foi substituído por este seminário. Vejo, pela presença do público, que a mudança deu muito certo. Tenho certeza que nós continuaremos atuando para fazer a diferença na nossa região”, disse Zanella.


A coach Tudy Vieira trouxe dinâmicas e ensinamentos para orientar as participantes sobre a mudança de atitude, o autoconhecimento e ações para obter resultados e percorrer um caminho de sucesso. “Hoje eu faço um convite para que as mulheres reflitam um pouco sobre o que é o mais importante na vida, de onde estamos e onde queremos chegar. O segredo do sucesso está na ação, mas na ação de uma forma consistente”, enfatizou Tudy.


Participando ativamente das dinâmicas propostas, a gestora de recursos humanos, Maria Gabriela Zuttion aprovou as temáticas. “Muitas mulheres querem ter o seu papel reconhecido no agronegócio e muitas vezes não é, mulheres que participam não só em seus cargos de gestão dentro das empresas, mas também em casa. A mulher que dá o apoio ao homem que vai ao campo também é do Agro. Então, todas elas têm importante papel para que o agronegócio se desenvolva na região”, concluiu.


A produtora rural Ângela Francisca finalizou o ciclo do dia contando suas experiências de vida como cadeirante, estudante e incentivadora do desenvolvimento da cadeia do leite e das práticas associativistas, em Wanderley, oeste da Bahia, por meio da Associação dos Produtores de Leite e Culturas Irrigadas do Oeste da Bahia – Proleite. As mulheres também participaram do sorteio de presentes, brindes e ingressos para cursos e eventos voltados ao universo feminino.



Jornal Classe A LTDA ME
Av. Tancredo Neves, 1016 - Aroldo da Cruz 
    CEP: 47850-000 / Luís Eduardo Magalhães-BA
 jornalclassea@yahoo.com.br
77 3639-0108 

© 2016 por "Pelo Mundo". Orgulhosamente criado com Wix.com