• Da Redação

LEM: Padrasto abusava de enteada desde que a criança tinha 7 anos, suspeita polícia


O homem de 58 anos continua preso e a disposição da justiça em Luís Eduardo Magalhães, ele é suspeito de abusar sexualmente da enteada de 10 anos de idade. A prisão foi na última sexta-feira (15), a polícia acredita que os abusos aconteciam desde que a criança tinha 7 anos de idade.


De acordo com a polícia o trabalhador rural atuava como auxiliar de serviços gerais numa fazenda próximo ao perímetro urbano da cidade e ao retornar para casa cometia a violência sexual. O delegado Leonardo Mendes ouviu a criança na presença de três psicólogos do programa borboleta. "A criança conta com riqueza de detalhes e há várias testemunhas, além de provas periciais que comprovam a violência."


Outro ponto da investigação é sobre qual a participação da mãe nesse crime, já que ela contou a polícia que sabia dos abusos. "Nós vamos investigar a responsabilidade da mãe, pois ela disse que era ameaçada por ele e desde que descobriu não deixava a menina sozinha com ele, mas nada disso justifica. Se houver responsabilidade vamos sim indiciar a mãe também."


A criança foi levada para um abrigo e não está tendo contato com a mãe, o juiz vai decidir pela guarda dela. Este é o quinto caso de violência sexual contra criança ou adolescente em LEM somente este ano.


Jornal Classe A LTDA ME
Av. Tancredo Neves, 1016 - Aroldo da Cruz 
    CEP: 47850-000 / Luís Eduardo Magalhães-BA
 jornalclassea@yahoo.com.br
77 3639-0108 

© 2016 por "Pelo Mundo". Orgulhosamente criado com Wix.com