• 85° CIPM

85ª CIPM, PROMOVE PALESTRA SOBRE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA


No dia 28/01, por volta das 14h00min, os futuros soldados do Núcleo de Formação da 85ª CIPM foram contemplados no Hotel LG, com uma palestra sobre Feminicídio e Crimes da Lei Maria da Penha.


A palestra foi proferida pela equipe do Programa Borboleta, que tem por objetivo o enfrentamento da violência vivenciada pelas mulheres de LEM.


Em parceria com a 85ª CIPM, Prefeitura Municipal e outras instituições, o programa é parceiro conta com uma equipe multidisciplinar, que presta atendimento médico, policial, psicossocial e jurídico, auxiliando a vítima a superar o sofrimento e a resgatar a autoestima e autonomia.


Criado pela Prefeitura Municipal de Luís Eduardo Magalhães, o PROGRAMA BORBOLETA busca o enfrentamento à violência vivenciada pelas mulheres no município, por meio da atuação de uma rede de serviços.


TIPOS DE VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

VIOLÊNCIA FÍSICA


Empurrões

Socos

Chutes

Queimaduras

Surras

Agressões com armas e objetos


VIOLÊNCIA SEXUAL


Exigência de práticas que a mulher não gosta

Abusos

Estupro

Negação do uso de preservativo

Negação de uso de métodos contraceptivos


VIOLÊNCIA PSICOLÓGICA


Humilhação

Ridicularizações

Ameaças

Perseguição

Chantagens

Vigilância constante

Isolamento

Controle da vida social


VIOLÊNCIA MORAL


Xingamentos

Injúrias

Calúnias

Difamações (louca, vadia, prostituta, traidora)


VIOLÊNCIA PATRIMONIAL


Controle do dinheiro

Destruição de objetos

Impedimento de trabalho


Denuncie a violência contra a mulher: PROGRAMA BORBOLETA: (77) 98802-3662


A violência contra a mulher deixará de existir quando:


A SOCIEDADE estabelecer relações de igualdade entre homens e mulheres no trabalho, em casa, na vida política, dentre outros, e quando o que é considerado masculino e feminino tiver o mesmo valor, poder e prestígio. Quando a COMUNIDADE (família, amigos e vizinhos) assumirem uma postura de denunciar a situação de violência e cobrar dos agressores uma mudança de atitude. A MULHER não sentir vergonha de contar o que acontece com ela, deixar de sofrer sozinha, denunciar e buscar ajuda na rede de proteção.


Em 2018 a 85ª CIPM atendeu 1542 ocorrências policiais, das quais, 122 (7,9%) foram casos de Violência Doméstica em Luís Eduardo Magalhães, figurando como a segunda maior fonte de chamados para a Polícia Militar.


Nesse sentido, compreende-se que os casos de Violência Doméstica não são apenas um problema de segurança pública, mas sim um fator social e merece a atenção de todas as esferas.


85ª CIPM ATENTA E VIGILANTE

"Grandes Poderes trazem grandes responsabilidade”



Jornal Classe A LTDA ME
Av. Tancredo Neves, 1016 - Aroldo da Cruz 
    CEP: 47850-000 / Luís Eduardo Magalhães-BA
 jornalclassea@yahoo.com.br
77 3639-0108 

© 2016 por "Pelo Mundo". Orgulhosamente criado com Wix.com