• Por Drª. Adriana Victor Barros

Respiração Bucal é normal?


A boca não faz parte do sistema respiratório e sempre que a usamos existe algo de errado conosco, a respiração bucal é uma compensação do nosso corpo que traz muitos prejuízos.


A cada 4 crianças 3 são respiradores bucais ou misto (respiram pela boca e nariz), por isso hoje esse hábito também é conhecido como Síndrome do Respirador Bucal.


Existem 3 tipos de respiradores bucais:

  • Os funcionais: que mantem a boca aberta por uma postura viciosa, isso por que aprenderam a usar a boca para respirar, é comum mães relatarem nestes casos episódios recorrentes de gripes ou infecções de garganta durante a infância.

  • Os Genuínos: Cuja respiração bucal foi ocasionada pela presença de obstáculos mecânicos que impedem ou dificultam a respiração nasal como adenoides, desvio de septo e etc.

  • Os importantes funcionais: Que apresentam disfunção neurológica.

O paciente respirador bucal comumente apresenta subdesenvolvimento no crescimento e desenvolvimento da face, musculatura hipoplásica (fraca), alteração de fala com dificuldade nas pronuncias de algumas palavras, dificuldade de alimentação onde o paciente rejeita alimentos duros e fibrosos por não conseguir mastigar, alteração postural como anteriorização de ombros e cabeça na tentativa de melhorar a respiração, distúrbios comportamentais como falta de concentração, irritabilidade, hiperatividade, falta de interesse por atividades esportivas e outros.


O diagnostico e tratamento deve ser precoce e os benefícios são enormes, podemos obter mudanças esqueléticas, comportamentais, dentárias, posturais, o paciente tem uma mudança considerável na qualidade de vida.


O tratamento é multidisciplinar e os profissionais normalmente envolvidos são: o dentista através de aparelhos miofuncionais como o Sistema Myobrace, o fonoaudiólogo através de exercícios de reeducação postural dos músculos e médico otorrinolaringologista.


É muito importante frisar que quando uma criança usa aparelhos o principal objetivo não é alinhamento dentário como no adulto, mas sim restabelecer e reeducar os músculos e as funções como respiração, pois elas são responsáveis pelo crescimento e desenvolvimento da face.


*Dra. Adriana Victor de Barros CRO 12975 Odontopediatra, Ortodontista e Odontologia Miofuncional.

#AdrianaVictordeBarros