• Da Redação

Coleta de lixo é interrompida em LEM


Por causa do protesto em frente ao lixão de Luís Eduardo Magalhães a coleta de lixo na cidade está interrompida desde ontem (29). Os caminhões estão parados na empresa MM, responsável pelo serviço de coleta.


A informação é que cerca de 100 toneladas por dia sejam produzidas em média somente no município de LEM, sem local pra descartar esse lixo, tudo teve que ser armazenado em caçambas e nos próprios caminhões compactadores.


Com as caçambas cheias, a empresa diz que não tem como continuar coletando. Bairros como Jardim das Acácias já estão sem coleta desde a segunda e o lixo começa a se acumular nas portas das casas, expostos a cães e gatos de rua que costumam revirar o lixo, sujando a via, além do mau cheiro.


A prefeitura ainda não informou o que vai fazer diante da situação. O prefeito Oziel Oliveira tentou negociar com os manifestantes hoje pela manhã, mas não houve acordo. Na quarta é dia de coleta no bairro Santa Cruz, o mais populoso da cidade e a estimativa é de mais lixo na rua.



Jornal Classe A LTDA ME
Av. Tancredo Neves, 1016 - Aroldo da Cruz 
    CEP: 47850-000 / Luís Eduardo Magalhães-BA
 jornalclassea@yahoo.com.br
77 3639-0108 

© 2016 por "Pelo Mundo". Orgulhosamente criado com Wix.com