• Da Redação com informações do Bahia Notícias

Luís Eduardo Magalhães é a cidade que mais cresce na Bahia


Luís Eduardo Magalhães é o único município da Bahia que apresentou crescimento populacional entre os anos de 2017 e 2018. Segundo a Estimativa de População 2018, divulgada pelo IBGE nesta quarta-feira (28), a cidade apresentou 1.196 moradores a mais do que no ano passado, representando um crescimento de 1%. Apesar do número parecer pequeno, diferente das outras 416 cidades da Bahia, Luís Eduardo Magalhães foi a única que apresentou saldo populacional positivo em 2018.

O mesmo município foi o melhor qualificado da Bahia pelo Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM), divulgado em junho deste ano, que avaliava as condições de emprego e renda, saúde e educação dos municípios, com nota 0,7783 (os índices variavam de zero a um).

Depois de LEM, aparecem na ordem: Lauro de Freitas [0,7725], Mata de São João [0,7454], Brumado [0,7426], Jaborandi [0,7356], Salvador [0,7312], Santo Antônio de Jesus [0,7246], Guanambi [0,7222], Barreiras [0,7143] e Porto Seguro [0,7067]. O

s dados do Firjan, que são medidos pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), com base em dados de 2016. O IFDM 2018 monitora os indicadores sociais em 5.471 municípios do país, onde vivem 99,5% de habitantes.

Conforme a estimativa do IBGE, a cidade que teve o maior decréscimo populacional este ano foi Maetinga, que perdeu 879 habitantes de um ano para outro. O número corresponde a 20% da quantidade estimada de pessoas que moravam na cidade em 2017. Já a menor cidade da Bahia continua sendo Catolândia, também no oeste baiano, com pouco mais de 3 mil habitantes.