• Da Redação

LEM: Professores do município fazem paralisação e podem entrar em greve


Os professores do município de Luís Eduardo Magalhães e outros servidores da educação pararam as atividades hoje (12). Os manifestantes vestiram preto e às 8 horas da manhã com apitos, cartazes e carros de som foram para frente da sede do poder público municipal.

De acordo com o Sinprolem e paralisação acontece por conta da falta de acordo com a prefeitura municipal. A categoria reivindica 14 pontos de pauta entre eles o pagamento integral do 13º salário de contratados a concessão de licenças prêmio e aumento de 7% no salário dos servidores da educação.

Logo depois os professores foram para frente do prédio da secretaria de Educação na Rua José Cardoso de Lima, mas lá foram recebidos com as portas fechadas. De acordo com a presidente do Sinprolem, Lurdes Hoff se não houver acordo, os professores e servidores entrarão em greve.

Uma assembleia a ser realizada na tarde desta quinta (12) na sede do sindicato deve definir os rumos do movimento.

Segundo a secretaria de educação, das 41 escolas do município, apenas 13 mantiveram as aulas normais. As outras suspenderam as atividades parcial ou integralmente.