• Conversion

5 produtos indispensáveis para quem quer fazer a transição capilar


A transição capilar trata-se de um dos períodos mais marcantes e particulares na vida de uma mulher que deseja abandonar todo e qualquer tipo de procedimento químico alisante para obter novamente os cabelos em sua formatação natural: cacheados e crespos.


Esse é um momento que interfere diretamente na autoestima e é capaz de promover um profundo senso de autoconhecimento e a autoaceitação de quem a pessoa é de verdade, de quais são suas origens e, principalmente, de amor próprio.


Durante muito tempo, devido à influência da colonização europeia, a sociedade subjugou os cabelos cacheados e crespos, exaltando os fios totalmente lisos e sem frizz como o padrão de beleza ideal. Como consequência, um número incontável de mulheres, moças e meninas se renderam, por anos, a procedimentos alisantes de origem química (escova progressiva, por exemplo) e mecânica (prancha).


Mas esse cenário começou a mudar quando movimentos sociais negros foram para a rua e para a internet com o intuito de promover o reconhecimento da cultura afro no país. Isso resultou em uma reviravolta nos padrões de beleza impostos até então, influenciando e concedendo coragem a muitas mulheres (e homens) na volta às origens e na busca por seus cabelos verdadeiros.


Contudo, ao deixar as químicas de alisamento para trás, as madeixas não voltam à sua formatação sozinhas. Por isso, a transição capilar é tão marcante: é preciso ter paciência, lidar com duas texturas nos fios e, muitas vezes, se render ao corte de toda a parte alisada. Vale destacar, portanto, que para cada pessoa a transição tem um tempo de duração, pois a autoaceitação e o fator “sentir-se bem com a mudança” falam muito alto.


Mas, diante de tudo isso, uma coisa é certa: sua rotina de cuidados com os cabelos irá mudar assim que você optar por deixar os processos alisantes para trás. E a primeira mudança será nos produtos usados, veja:


  1. Shampoo. O shampoo é um produto indispensável na higienização dos cabelos. Sua função é fazer a limpeza do couro cabeludo e, também, retirar todas as impurezas da estrutura do fio, abrindo suas cutículas. Um shampoo especial para transição capilar traz em sua fórmula ativos importantes para fios que precisam de força e nutrição.


  1. Condicionador. O condicionador, por sua vez, tem a responsabilidade de hidratar os fios e selar as cutículas que foram abertas na hora da lavagem. Um condicionador específico para transição é aquele que conta com ativos hidratantes poderosos.


  1. Máscaras de tratamento. Máscaras de hidratação, de nutrição e de reconstrução são ótimas aliadas no cuidado com os cabelos em transição. Por comporem o cronograma capilar, esses produtos são ideais para fortalecer os novos cabelos que estão nascendo e para reestruturar os fios que estão ressecados pelos procedimentos químicos.


  1. Óleos vegetais. Os óleos vegetais são ótimos produtos para fazer umectação capilar. Esse tratamento é o mais indicado para repor nutrientes e restaurar a camada lipídica do fio, de forma a manter a hidratação por muito mais tempo.


  1. Finalizadores. Os finalizadores fecham a lista dos produtos indispensáveis para realizar a definição dos fios em transição, seja na finalização ou na texturização dos cachos e crespos. Creme para pentear, ativador de cachos, gelatina capilar e spray umidificador são, sem dúvida, os mais importantes itens da prateleira de quem vivencia a transição capilar.


É válido destacar, por fim, que há diferentes marcas no mercado de cosméticos que dedicam linhas inteiras de produtos para quem está passando pela transição capilar, como a Salon Line, por exemplo. Assim, basta escolher seus produtos favoritos e vivenciar esta fase com o máximo de cuidado com seus novos cachinhos.


Jornal Classe A LTDA ME
Av. Tancredo Neves, 1016 - Aroldo da Cruz 
    CEP: 47850-000 / Luís Eduardo Magalhães-BA
 jornalclassea@yahoo.com.br
77 3639-0108 

© 2016 por "Pelo Mundo". Orgulhosamente criado com Wix.com