• Da Redação - Com informações da Rede Bahia

Caneta que escreve e apaga está sendo usada pra aplicar golpes em LEM


Uma reportagem da Tv Oeste, Rede Bahia exibida hoje para todo estado revelou que Golpistas estão usando uma caneta especial para falsificar documentos em Luís Eduardo Magalhães.

A caneta que é vendida em média a R$ 11,00 em papelarias da cidade tem uma tinta especial, capaz de ser apagada por uma borracha, que vem acoplada à mesma caneta.

Segundo a tabeliã Ana Paula Koerner, no cartório de notas da cidade foram registradas quatro tentativas de fraude. "Nós identificamos que os documentos de transferência (Dute) já vinham assinados com essa caneta e a gente retém o documento, que será enviado pra delegacia e comunicado ao juiz corregedor".

O retran explicou que a intenção de quem assina o documento com a caneta falsa é apagar as informações do Dute e não transferir o veículo, mesmo após comprá-lo. O que pode causar muitos problemas para o antigo dono, já que o veículo pode ser vendido a terceiros, bem como receber multas e tudo relacionado a ao veículo deve ser de responsabilidade de quem é o proprietário legal.

O Delegado Leonardo Almeida Mendes explicou que isso é crime e dá cadeia: "Nós podemos enquadrar em dois crimes, estelionato e falsidade ideológica e quem comete esse crime pode pegar até 5 anos de prisão."

#caneta #escreve #apaga #dute #fraude #bahia #luíseduardomagalhães

Jornal Classe A LTDA ME
Av. Tancredo Neves, 1016 - Aroldo da Cruz 
    CEP: 47850-000 / Luís Eduardo Magalhães-BA
 jornalclassea@yahoo.com.br
77 3639-0108 

© 2016 por "Pelo Mundo". Orgulhosamente criado com Wix.com