• Bahia Notícias

Quatro em cada dez casos de câncer poderiam ser evitados com mudança de hábitos


Um estudo desenvolvido pelo instituto Cancer Research UK, no Reino Unido, mostrou que, a cada dez casos de câncer, quatro poderiam ser evitados a partir de mudanças no estilo de vida da população.


Algumas das medidas citadas são reduzir consumo de álcool, parar de fumar e perder peso. "O câncer de pulmão responde por mais da metade dos casos da doença relacionados com o fumo, mas são registrados anualmente milhares de casos de câncer de bexiga, esôfago e intestino apenas para nomear alguns", explicou Katrina Brown, líder do estudo, ao The Guardian.


O alerta dos pesquisadores é ainda maior para a obesidade, já que, enquanto o número de novos casos de câncer relacionados ao tabaco diminui, o número ligado ao excesso de peso tem aumentado.


"Esses números mostram que a batalha para vencer os cânceres relacionados com o fumo está longe do fim, mas a queda no número de fumantes mostra que as estratégias de prevenção estão funcionando", pontuou Linda Bauld, pesquisadora do instituto.


"A obesidade é uma grande ameaça a saúde agora, e a situação só vai piorar se nada for feito", acrescentou. Em 2015, o tabaco foi responsável por cerca de 54,2 mil novos casos de câncer no Reino Unido.


Já a obesidade está relacionada com 22,8 mil novos casos da doença. "Levar uma vida saudável não garante que uma pessoa não tenha câncer, mas aumenta as chances a seu favor.


Estes números mostram que cada um de nós pode tomar medidas positivas para ajudar nosso risco individual para a doença", ponderou Harpal Kumar, diretor executivo do instituto Cancer Research UK.