• Da Redação / Jornal Classe A

Criança que morreu afogada em tanque de peixes é sepultada em LEM


Segundo a família os pais de Lorran tinham ido passar uns dias na roça de um amigo

Lorran Gabriel Souza de Lima foi de um ano e dez meses foi sepultado na manhã de hoje (16) no cemitério municipal de Luís Eduardo Magallhães. O menino morreu afogado na tarde de ontem na vila 2, do assentamento rio de ondas, há 30 quilômetros de Luís Eduardo.

De acordo com informações do vô do menino, o pai de Lorran está desempregado e fazia bicos em fazendas, após um desses trabalhos resolveu passar os dias numa roça de um amigo da família. No local existe um tanque de criação de peixes e após uma distração dos pais o menino sumiu.

"Ele (o pai) estava no fundo da propriedade e levado o menino e mãe. A mãe resolveu voltar na casa e achou que o menino tinha ficado com o pai e o pai achou que o menino estava com a mãe. Quando eles o encontraram o garoto já tinha se afogado."

A Polícia Civil de LEM instaurou inquérito para apurar as responsabilidades da morte do menino. O inquérito tem 30 dias pra ser concluído.