• Por Gervásio Lima Jornalista e historiador

Produção de palma e prevenção contra Cochonilha do Carmim são temas de capacitação


Aconteceu durante todo o dia desta quarta-feira (13), na Estação Experimental da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), na zona rural do município de Utinga, no Território Chapada Diamantina, a Capacitação sobre o Cultivo Intensivo da Palma Forrageira e Prevenção e Controle da Cochonilha do Carmim (CC).


O evento foi direcionado para técnicos agrícolas, engenheiros agrônomos, zootecnistas e médicos veterinários da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) e das superintendências Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater) e de Agricultura Familiar (Suaf), estrutura da Secretaria de Desenvolvimento Rural do Estado (SDR), de diversos territórios.


Chamar atenção para o perigo da disseminação da praga (CC) em plantações de palma nos municípios baianos, fato já ocorrido no Território de Itaparica, na região do município de Glória, onde 38 focos já foram detectados, foi um dos principais objetivos do encontro que contou também com as participações como palestrantes Paulo Roberto, que abordou a importância da tecnologia e o manejo do cultivo intensivo da palma forrageira; Albany Leite Lopes que destacou o perigo e as formas de prevenção contra a Cochonilha e Ayalla Araújo que apresentou o Programa de Segurança Alimentar do Rebanho do Governo da Bahia que já distribuiu mais de 10 milhões de mudas de palmas para agricultores familiares em diversos territórios da Bahia.


Para Paulo Roberto (Bahiater), é fundamental que todos os técnicos da Adab, da Flem, Bahiater e outros órgãos que possuem relação com a agropecuária, estejam alinhados e que conheçam e tenham acesso à tecnologia do cultivo intensivo da palma, por a planta ser umas das principais alimentações para os animais no semiárido. “Momentos como esste, onde se procura difundir a cultura da palma, principal forrageira para alimentação dos ruminantes do semiárido, e o seu cultivo intensivo se faz necessário sempre. Por tanto é importante que estes técnicos transmitam para os produtores rurais as tecnologias que oferecem qualidade e maior produtividade por hectare de palma”, ressaltou.


O coordenador estadual do Programa de Prevenção e Controle da Cochonilha do Carmim, Albany Leite Lopes (Adab), a capacitação foi de fundamental importância para a articulação de todas as instituições do Governo envolvidas com a agricultura e pecuária no semiárido baiano para se fazer o enfrentamento à praga. “A Cochonilha entrou recentemente no Estado da Bahia e precisa da participação de todos para o seu controle e erradicação. As consequências dessa praga, principalmente para a agricultura familiar, o pequeno produtor, é muito danosa. Temos que nos preparar para esta praga que já se encontra na divisa da Bahia com Pernambuco e corre risco de se espalhar para outras regiões. Para isto, precisamos incentivar a estratégia de mudança de cultivo para uma palma resistente”, alertou.

Já a coordenadora de Pecuária da Suaf, Ayalla Araújo, a parceria entre as instituições governamentais dinamiza e facilita a relação entre os agricultores familiares que passam a contar com um conjunto maior de serviços agregados. “O trabalho conjunto entre os órgãos que oferecem serviços ou estão ligados de alguma forma à agricultura familiar é de suma importância para a melhoria e o aumento da disponibilidade das ações que ora venham a ser oferecidas. Estamos caminhando juntos para um desenvolvimento rural cada dia melhor”, destacou.


A Capacitação sobre o cultivo intensivo da palma forrageira e prevenção da Cochonilha do Carmim foi uma realização da Suaf e Adab, em parceria com a Bahiater e a Cooperativa Agropecuária da Chapada Diamantina (Coapechad).


Jornal Classe A LTDA ME
Av. Tancredo Neves, 1016 - Aroldo da Cruz 
    CEP: 47850-000 / Luís Eduardo Magalhães-BA
 jornalclassea@yahoo.com.br
77 3639-0108 

© 2016 por "Pelo Mundo". Orgulhosamente criado com Wix.com