• A Tarde

Luiz Melodia morre aos 66 anos no Rio de Janeiro


Luiz Melodia morreu em decorrência de um câncer na medula óssea

O cantor e compositor Luiz Carlos dos Santos, conhecido como Luiz Melodia, de 66 anos, morreu na manhã desta sexta-feira, 4, no Rio de Janeiro. O músico sofreu complicações em decorrência de um câncer de medula óssea. Ele estava internado no Hospital Quinta D'Or.


Luiz Melodia chegou a fazer um transplante de medula óssea, mas não vinha respondendo bem à quimioterapia. O câncer voltou e o estado de saúde do artista se agravou bastante.


O corpo do cantor está sendo velado na quadra da escola de samba Estácio de Sá, na Cidade Nova, próximo ao morro onde ele nasceu. O enterro será realizado no Cemitério do Catumbi, neste sábado, 5, às 10h.


Trajetória


Nascido em 7 de janeiro de 1951, no Morro do Estácio, no Rio de Janeiro, Luiz Melodia tinha 46 anos de carreira. Ele se estabeleceu em sua trajetória profissional com lançamento da música "Pérola Negra", em 1971, na voz de Gal Costa.


Em 1973, o artista lançou o primeiro álbum, "Pérola Negra", um dos clássicos da música brasileira de todos os tempos. A obra estabelecia uma ponte ligando o samba do Estácio ao blues, ao choro e ao soul.


Na década de 1980, o músico lançou diversos álbuns e fez apresentações fora do país, passando por festivais na França e na Suíça. Em 2003, Luiz Melodia gravou um disco ao vivo com participações especiais de Zeca Pagodinho, Zezé Motta e Luciana Mello.

Este ano, ele lançou o último disco, intitulado “Zerima”. O álbum contou com participação da cantora Céu.