• Ascom Sindicato dos Produtores Rurais de L.E.M

Parque Fioravante Galvani, SPRLEM e parceiros lançam projeto “Férias no Parque”


Como parte integrante das comemorações pelos seus 11 anos de existência, o Parque Fioravante Galvani, juntamente com o Instituto Lina Galvani, o Sindicato dos Produtores Rurais de Luís Eduardo Magalhães (SPRLEM), a Associação dos Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) e o Sindicato dos Produtores Rurais de Barreiras (SPRB) lançam o projeto “Férias no Parque”, exclusivamente voltado para filhos e netos de produtores rurais. O objetivo é promover a educação ambiental, através do contato com a fauna e a flora da região, proporcionando uma experiência lúdica para crianças de 05 a 07 anos de idade.


A iniciativa pretende levar, no dia 22 de julho, das 14h às 17h, o maior número de estudantes ao primeiro e único Centro de Conservação, Educação Ambiental e Pesquisa do cerrado baiano. Na ocasião, em um passeio monitorado pela bióloga responsável pelo local, as crianças serão apresentadas aos criadouros dos lobos-guará, araras, macacos e outras sete espécies de animais que habitam no bioma. Além disso, devem conhecer um minimuseu e viveiro de mudas, no qual terão contatos com espécies nativas do cerrado.


De acordo com a bióloga do Parque Fioravante Galvani, Gabrielle Rosa, a ideia de um projeto para atender exclusivamente filhos e netos de produtores surgiu da necessidade de promover uma maior aproximação do centro de conservação com a classe rural, tornar a região mais sustentável e contribuir para formação da geração que dará continuidade ao processo que já ocorre na região. “Queremos auxiliar o produtor nesse processo de tornar a região mais sustentável, então, nada melhor do que começar pelas crianças. Elas receberão conhecimentos teóricos e práticos sobre a fauna e a flora, pois entendemos que é nosso dever e missão promover uma consciência ambiental. Acreditamos que, dessa forma, estamos promovendo um olhar diferenciado sobre o bioma, preparando a nova geração para uma nova conduta com a natureza, tornando-os cidadãos mais responsáveis”, disse. As visitas programadas e monitoradas são realizadas pelo centro de conservação junto às redes privada e pública de ensino da região oeste da Bahia, durante todo o ano letivo.


“Parabenizamos o parque pelos seus 11 anos de existência e destacamos a sua importância para o fortalecimento da educação ambiental. Sua atuação é imprescindível para a formação intelectual das crianças que aprendem ao vivo e na prática ações que se tornam inesquecíveis”, destacou a presidente do SPRLEM, Carminha Missio. Para participar do projeto “Férias no Parque”, os interessados devem entrar em contato pelo telefone (77) 9.9971-3190, pois as vagas são limitadas, para 40 crianças.