• ASCOM – Deputado Estadual Eduardo Salles

Após solicitação da Comissão de Agricultura da ALBA, reajuste da taxa GTA é adiado


O secretário estadual de Agricultura, Vitor Bonfim, e o diretor-geral da ADAB (Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia), Marco Vargas, anunciaram, nesta quarta-feira (22), a suspensão por um período de 90 dias, contados a partir do dia 28 de fevereiro, no aumento da taxa de GTA (Guia de Transporte Animal). Dessa forma, o valor da taxa saiu de R$ 2,20 para R$ 2,60, ao invés dos R$ 4,00 anunciados anteriormente. O secretário explicou que a fixação do valor em R$ 2,60 foi possível devido a suspensão provisória do repasse para o FUNDAP (Fundo de Apoio à Agropecuária do Estado da Bahia).


Após o período de 90 dias, a cobrança da taxa do FUNDAP, que é de R$ 0,70, será retomada e os produtores terão a opção de depositar o dinheiro no fundo e, consequentemente, obter o desconto de 35% no valor da taxa, como já vinha sendo feito. A solicitação de adiamento do reajuste foi encaminhada à SEAGRI e ADAB, em fevereiro, pela Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa da Bahia, presidida pelo deputado estadual Eduardo Salles.


“Essa reconsideração do governo é importante porque estamos passando por um momento bastante delicado para todo o setor agropecuário. A crise hídrica que afeta nosso estado tem provocado grandes perdas para o setor”, explica Eduardo Salles.


A GTA é um documento oficial para fiscalização do animal em trânsito, emitida pela ADAB, com informações sobre o destino, as condições sanitárias e a finalidade do transporte do animal.


“Agradeço ao governador Rui Costa e ao secretário Vitor Bonfim pela sensibilidade e por entenderem o momento delicado que o setor agropecuário vivencia em função deste longo período de seca. Ressalto que pagamento da taxa do FUNDAP é justo e sou favorável, mas neste momento é complicado manter a cobrança”, conclui o parlamentar.


O FUNDAP é gerido por entidades de pecuária da Bahia e esse valor é revertido para o combate a possíveis epidemias que possam afetar o rebanho do estado, como por exemplo, um surto de febre aftosa.


Jornal Classe A LTDA ME
Av. Tancredo Neves, 1016 - Aroldo da Cruz 
    CEP: 47850-000 / Luís Eduardo Magalhães-BA
 jornalclassea@yahoo.com.br
77 3639-0108 

© 2016 por "Pelo Mundo". Orgulhosamente criado com Wix.com