• Da redação

I Encontro de Mulheres do Agro reúne agricultoras, empresárias e familiares de produtores em LEM


Foi realizado na tarde de ontem no Hotel Saint Louis o I Encontro de Mulheres do Agro de Luís Eduardo Magalhães. O evento foi promovido pela Cooperfarms e teve como objetivo incentivar a participação familiar de mulheres no agronegócio.


A ideia da criação do Núcleo Regional das Mulheres do Agro, é fruto da participação de algumas lideranças regionais no primeiro Encontro Nacional das Mulheres do Agro, realizado ano passado, em SP. Lá elas conheceram essa iniciativa (núcleos regionais) de MT, PR que fazem a diferença no dia a dia das comunidades. Tanto na indicação/ sugestão de projetos educacionais, sociais em prefeituras, como outras ações em conjunto com as pastorais.

Integrar associadas em um único movimento, para que possam refletir sobre sua condição junto à família e à frente dos negócios, através da troca de experiências nos mais diversos assuntos, que vão desde motivação e autoestima até a definição de estratégias para uma maior inserção na dinâmica social e organizacional. Esse é objetivo central do primeiro Encontro de Mulheres Cooperfarms que acontecerá no próximo dia 15 de março, a partir das 14h, no quiosque da Cooperativa, com o patrocínio da Syngenta. A ideia, segundo a comissão organizadora, é reunir, não somente cooperadas e esposas de cooperados, mas de compartilhar com as demais membras do grupo familiar, colaboradoras e parceiros a iniciativa, conforme explica o presidente da Cooperfarms, Luiz Antonio Pradella."Há algum tempo a Cooperfarms vem articulando uma série de eventos e o Encontro de Mulheres Cooperfarms chega para somar nesta importante iniciativa que visa envolver cada vez mais os associados, parceiros e outras pessoas do grupo familiar com os propósitos da Cooperativa, principalmente na indicação de melhorias nos serviços prestados. E a mulher tem um papel importantíssimo na sociedade e não é diferente nos negócios familiares e na Cooperfarms", observa Pradella.


Nesta edição, o tema "Os desafios e as habilidades da mulher no contexto do negócio familiar" foi abordado por Gisele Cipili Ribeiro, pedagoga, coach e consultora empresarial, com projetos no terceiro setor e na iniciativa privada. É pós-graduada em Gestão Estratégica de Pessoas e trabalha há 18 anos como gestora em empresas familiares nos papéis de sócia proprietária e líder coach.

"Estamos bastante otimistas em relação ao evento, principalmente com os resultados já alcançados: o envolvimento e a contribuição de muitas associadas na promoção do encontro. E para nós, essa participação ativa já é positiva", destaca Luiz Pradella.


Agenda Estratégica - A idealização do Encontro de Mulheres Cooperfarms soma-se a outra importante iniciativa que vem sendo articulada por um grupo de mulheres do agronegócio no oeste baiano: a implantação de um Núcleo Regional das Mulheres do Agro. O movimento foi inspirado da experiência desse grupo feminino no Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio, promovido no ano passado, em São Paulo. Segundo a cooperada Zirlene Zuttion, membra do projeto, a ideia é aproximar produtoras e estimular a troca de experiência, além da organização de uma agenda que contemple ações regionais integradas, que vão desde a áreas de educação, social, ambiental até o próprio setor produtivo e o empoderamento feminino com temas de gestão, empreendedorismo e sustentabilidade. "Queremos reunir um número significativo de mulheres com esse perfil empreendedor para que juntas possamos alinhar as diretrizes para a criação do Núcleo Regional e na sequência alavancar as ações", detalha Zirlene.


Jornal Classe A LTDA ME
Av. Tancredo Neves, 1016 - Aroldo da Cruz 
    CEP: 47850-000 / Luís Eduardo Magalhães-BA
 jornalclassea@yahoo.com.br
77 3639-0108 

© 2016 por "Pelo Mundo". Orgulhosamente criado com Wix.com