• Bahia noticias

MP da Espanha pede dois anos de prisão a Neymar por corrupção


O Ministério Público da Espanha solicitou dois anos de prisão para o atacante Neymar, por suspeita de corrupção em relação a sua transação para o Barcelona. Segundo informações do jornal El País, o pedido foi solicitado pelo procurador José Perals, que também recomendou uma pena de cinco anos para o ex-presidente do clube blaugrana, Sandro Rosell, considerado o responsável pelo contrato com o jogador brasileiro. A Justiça da Espanha decidiu processar Neymar no mês passado, reabrindo o caso que havia sido arquivado anteriormente. As investigações revelaram que o valor real pago pelo atleta foi superior ao revelado na oportunidade, com 40 milhões de euros ido a Neymar por meio de “contratos simulados”.