• Redação / Jornal Classe A

H.O nega erro médico na retirada do rim de menina de 7 anos


O Hospital do Oeste divulgou uma nota oficial sobre o caso da menina de sete anos teve o rim retirado supostamente por engano no mês passado (relembre o caso). A nota nega que houve erro médico e também diz que a família teve acesso a todos os documentos, confira na íntegra:


Com relação ao caso da paciente Clara Munique dos Reis, o Hospital do Oeste apresenta os seguintes esclarecimentos:

· A paciente, que já apresentava um problema renal que afetava ambos os rins deu entrada no Hospital do Oeste no dia 12 de outubro, para a realização de procedimento cirúrgico.

· Durante a cirurgia para retirada de cálculo renal, um dos rins da paciente apresentou uma complicação (hemorragia grave), sendo necessária a intervenção da equipe médica para a retirada do órgão, caso contrário, a mesma poderia ir a óbito durante o procedimento.

· Quanto à denuncia do não acesso dos familiares a informações sobre a paciente, o hospital salienta também que durante todo o período de internação, os familiares foram atualizados sobre o estado de saúde de Clara Munique. Aliado a isso, qualquer paciente tem acesso às informações contidas em seu prontuário.

· O Hospital do Oeste já está contribuindo com o Ministério Público, fornecendo todas as informações sobre o referido caso.


Jornal Classe A LTDA ME
Av. Tancredo Neves, 1016 - Aroldo da Cruz 
    CEP: 47850-000 / Luís Eduardo Magalhães-BA
 jornalclassea@yahoo.com.br
77 3639-0108 

© 2016 por "Pelo Mundo". Orgulhosamente criado com Wix.com