• Ascom Abrapa

Algodão da Bahia chega as mãos da família real britânica.


Representantes das entidades do agronegócio, entre elas a Abrapa, a Abapa e Aiba foram a Liverpool, na Inglaterra, em outubro, para apresentar ao mundo a evolução na qualidade do algodão produzido pelo Brasil em diversos locais do país, inclusive na Bahia e participarem do ICA Trade Event 2016, o maior evento do setor no mundo. Durante o evento, os produtores tiveram a oportunidade de apresentar a melhoria da fibra do algodão produzido pelo Brasil e o trabalho desenvolvido, no país, para o mercado internacional e também para a Família Real Britânica. O presidente da Abrapa, João Carlos Jacobsen, juntamente com outros dirigentes da entidade, foi recebido pela princesa Anne, filha da rainha Elizabeth, e a presenteou com produtos confeccionados com o puro algodão do Brasil e assinados pela renomada estilista brasileira, Martha Medeiros.


Esta edição do evento teve ainda o tradicional Jantar de Gala, que contou com a presença da realeza inglesa, grandes empresas de comércio internacional e dos produtores do Brasil. No encontro foram comemorados os 175 anos de fundação da International Cotton Association (ICA). “Foi uma excelente oportunidade de mostrar o algodão produzido pelo nosso país, em diversas localidades, como no estado da Bahia, para que todos vejam a qualidade que coloca o Brasil entre melhores do mundo”, afirmou João Carlos Jacobsen.


A princesa Anne ouviu atenta a apresentação feita pela Abrapa, através do seu presidente, que em sua fala, ressaltou a importância da revolução industrial, da indústria têxtil e do trabalho desenvolvido pela ICA. João Carlos Jacobsen, acompanhado do vice-presidente da Abrapa, Arlindo Moura, e do conselheiro, Eduardo Silva Logemann, foram recebidos em audiência informal pela princesa e, nesse encontro, Anne conversou com os produtores brasileiros sobre a qualidade do algodão. Ela quis saber mais sobre o programa socio-ambiental desenvolvido pela Abrapa, nas fazendas de algodão espalhadas pelo país, como ocorre no município na região oeste da Bahia, por meio do Programa ABR, custeado com recursos do Instituto Brasileiro do Algodão (IBA).


O presente oferecido pela Abrapa, com peças em renda renascença, confeccionadas com puro algodão brasileiro, recebeu elogios da princesa. João Carlos Jacobsen declarou, ao final do encontro, ter ficado surpreso ao ser informado de que a princesa tinha interesse em conversar com a delegação de produtores do Brasil e saber um pouco mais sobre a produção de algodão do país. “´É sempre muito bom poder divulgar o trabalho sério e responsável que é feito pelo cotonicultor brasileiro”, completou Jacobsen.




Posts recentes

Ver tudo
Jornal Classe A LTDA ME
Av. Tancredo Neves, 1016 - Aroldo da Cruz 
    CEP: 47850-000 / Luís Eduardo Magalhães-BA
 jornalclassea@yahoo.com.br
77 3639-0108 

© 2016 por "Pelo Mundo". Orgulhosamente criado com Wix.com