Dois veículos adulterados são rec...

Bahia ultrapassa a marca recorde...

Embasa participa de reunião para...

Regina Duarte aceita ser a nova S...

Bahia lidera crescimento do númer...

Você quer se tornar um supervende...

1/3
Please reload

Edla Oliveira de Souza foi morta na noite de ontem com vários tiros na cabeça (veja aqui). Segundo informações de fontes extraoficiais, a jovem de 23 anos era filha de um investigador da polícia civil natural de Salvador. De acordo com as informações a mulher já não tinha contato com a família a mais de 5 anos, quando saiu de casa.

Na rua onde Edla morava muita gente ainda está assustado com o que aconteceu. Segundo vizinhos ela morava há apenas 4 dias no local e desde então havia uma movimentação intensa. No local a polícia encontrou drogas e cadernos de anotações sobre as vendas. O crime tem características de execução e segundo a polícia civil pode ter sido encomendado por conta da disputa por pontos de vendas de drogas.

Foi preso na noite de ontem, por volta das 20h um vigilante da escola municipal Amabílio Vieira dos Santos. Ele é suspeito de vender drogas para os alunos em horário letivo.

De acordo com a Guarda Municipal de LEM, que efetuou a prisão, Sidnei Pereira dos Santos de 39 anos foi encontrado numa roda de alunos menores de idade num patio escuro e após ser revistado foi encontrando uma quantidade de maconha com ele.

Sidnei tentou resistir a prisão e segundo os guardas ele estava sob aparente efeito de drogas.

A direção da escola informou que o vigilante trabalhava lá há 4 meses e já tinha sido advertido três vezes por chegar no local de trabalho bêbado e que também já tinha comunicado a situação a secretaria de educação.

Sidnei prestavas serviços para prefeitura através da empresa INTS, que tr...

Please reload

clique e visualize a edição
capa_496.jpg
PATROCINADORES

Parceiros

Jornal Classe A LTDA ME
Av. Tancredo Neves, 1016 - Aroldo da Cruz 
    CEP: 47850-000 / Luís Eduardo Magalhães-BA
 jornalclassea@yahoo.com.br
77 3639-0108 

© 2016 por "Pelo Mundo". Orgulhosamente criado com Wix.com