Empresa de energia investe R$1,6...

Vencedores da I Edição do Prêmio...

Bahia Farm Show 2020 é lançada na...

VAGAS DE EMPREGO PARA HOJE

Operação termina com seis prisões...

Roncar NÃO é normal

1/3
Please reload

A Embrapa e a Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) fecharam parceria para o desenvolvimento de um aplicativo e um sistema de informações geográficas na web (webgis) para mostrar, no mapa e em gráficos, quão favorável ou não um ambiente está para a proliferação de doenças nas lavouras. Com isso, os agricultores terão informação para decidir quando e quanto investir em medidas para combater o problema, como a aplicação de defensivos. A iniciativa também contempla o acompanhamento do balanço hídrico da região.

Recém-aprovado pelo Instituto Brasileiro do Algodão (IBA) o projeto tem duração prevista de dois anos. É liderado pela Embrapa Territorial (SP) e será direcionado inicialmente para a região oeste da Bahia e para duas doenças que afetam as principais culturas locais: a ferr...

26.12.2018

Principal mola propulsora da economia no Oeste da Bahia, as proprietários de terra agrícola garantiram nos últimos sete anos, entre 2000 e 2017, um crescimento da arrecadação do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (ITR) entre os nove municípios agrícolas da região. Em 2017, o topo da arrecadação ficou com os municípios de São Desidério, com R$ 8.576.410 milhões, seguido de Formosa do Rio Preto e Correntina, com R$ 6.293.534 milhões e R$ 3.013.495, respectivamente.


Todos os municípios juntos, que ainda incluem, Baianópolis, Barreiras, Cocos, Jaborandi, Luís Eduardo Magalhães e Riachão das Neves, arrecadaram EM 2017 um total de R$ 26.574.377 milhões.

Este foi o maior volume de imposto pago pelos agricultores da região mediante a propriedade e uso da terra para produção agrícola nest...

29.05.2018

Na última semana, foi realizada a reunião extraordinária do Comitê Técnico Regional do Algodão (CTRA), que debateu propostas para atualizar a legislação fitossanitária para garantir maior segurança na prevenção de doenças e pragas na próxima safra de algodão na Bahia. Durante os encontros realizados na quinta-feira (24), em Barreiras, e na terça-feira (22), em Guanambi e Malhada, produtores, técnicos da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) e da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) revisaram as portarias que dispõem sobre as medidas fitossanitárias para o controle do bicudo do algodoeiro e o cultivo de segundo ciclo do algodoeiro para a região sudoeste da Bahia. Uma das medidas mais eficazes e que poderá ter mudança é o período do vazio sanitário, quando os produtor...

Please reload

clique e visualize a edição
capa_496.jpg
PATROCINADORES

Parceiros

Jornal Classe A LTDA ME
Av. Tancredo Neves, 1016 - Aroldo da Cruz 
    CEP: 47850-000 / Luís Eduardo Magalhães-BA
 jornalclassea@yahoo.com.br
77 3639-0108 

© 2016 por "Pelo Mundo". Orgulhosamente criado com Wix.com